GRIPE (INFLUENZA)

Segunda-feira, 13 de novembro de 2017

A vacina Influenza, ou gripe, que dispomos, é formulada a partir de vírus inativados (portanto não há risco de “dar gripe”). Existem dois tipos desta vacina: a trivalente, que protege contra duas cepas de vírus influenza A e uma de vírus B, e a quadrivalente, que protege contra duas cepas de vírus A e duas de vírus B.

A cada ano a composição da vacina sofre alterações de acordo com a cepa de vírus que deve ser mais prevalente durante o inverno em cada um dos nos dois hemisférios, de acordo com observações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Existe uma vacina própria para o hemisfério norte e outra para o hemisfério sul.

Quando tomar: Em dose única, anualmente, nos meses que antecedem o inverno.

Aplicação: Intramuscular.

Contraindicação: Pessoas com alergia grave a um dos componentes da fórmula (atenção, a proteína do ovo de galinha é um dos componentes) ou a aplicações anteriores da vacina.

A importância da prevenção: A influenza, ou gripe, pode provocar sérias complicações – especialmente respiratórias (pneumonia) – em crianças e idosos, além de pacientes portadores de doenças cardíacas, diabetes, obesidade e imunodeficiências. Esta poderosa virose atinge de 5% a 10% da população adulta do mundo a cada ano, e até 20% a 30% das crianças. Os adolescentes devem se imunizar para evitar tais complicações de saúde, e também para conter o ciclo de infecção dos surtos.